8 dicas essenciais para começar bem em Cities: Skylines!


Raphael Aviz
Raphael Aviz

Cities: Skylines é um simulador de cidade estilo Sim City, mas melhor em todos os sentidos. O jogo é bastante complexo e fiel à realidade, exigindo que o jogador esteja atento a muitas coisas ao mesmo tempo, o que pode intimidar aqueles mais novatos.

Pensando nisso, reunimos aqui 8 dicas essenciais para você começar sua cidade do jeito certo em Cities: Skylines. Confira!

1. Separe as zonas industriais das zonas residenciais

a

Uma das primeiras noções que você precisa ter em Cities: Skylines é: você não mistura as construções industriais com os núcleos residenciais ou comerciais (esses dois últimos podem ficar próximos, sem problema algum). Muitos jogadores iniciantes decidem aglomerar tudo em um só lugar achando que isso agilizará o andamento da cidade. Errado.

Com regra geral, coloque as zonas residenciais longe das construções que fornecem energia, do sistema de coleta de água e esgoto. Esses três serviços estão entre as primeiras coisas que você define no jogo. Após construí-los, adote suas localizações como referência e inicie os centros residenciais e comerciais longe deles.

Os principais motivos dessa separação é que as construções que abastecem a cidade geram barulho e poluição, além de exigirem o tráfego de veículos de carga nas proximidades (que se movem mais lentamente e atrasam o deslocamento dos habitantes).

2. Evite construir cruzamentos e priorize rotatórias

a

Conforme sua cidade cresce, é inevitável que o número de ruas aumente e o tráfego fique mais denso. Com o tempo você notará que ter muitos cruzamentos é prejudicial para o fluxo da sua cidade, já que os veículos precisam parar e esperar com muita frequência.

Para evitar esse problema mais na frente, tente priorizar a construção de rotatórias no lugar de grandes cruzamentos. Elas são a melhor forma de manter o bom fluxo no trânsito, já que os veículos não precisam parar e esperar.

Tenha em mente que o objetivo não é acabar com todos os cruzamentos. Eles ainda existirão em maior número que as rotatórias, mas tente visualizar as localizações mais propícias para cada uma. Entre as principais situações estão:

  • Na ligação entre ruas e estradas;
  • No acesso às zonas comerciais ou industriais onde veículos domésticos dividem a pista com veículos de carga;
  • Qualquer lugar onde as pistas se espalham para três ou mais direções.

Afaste seus cruzamentos uns dos outros

Para complementar a dica, evite construir cruzamentos muito próximos uns dos outros. Isso fará que com que o trânsito precise parar com muita frequência. Lembre-se que congestionamentos causam poluição sonora, desvalorizando a área e aumentando a insatisfação dos moradores, que podem decidir deixar a cidade.

3. Construa mais passarelas e menos faixas de pedestres

a

Essa dica é bem simples mas muito útil para iniciantes que tendem a construir o que é mais barato, sem pensar muito no futuro. Sempre que o dinheiro permitir, construa passarelas em vez de faixas de pedestres. Isso desafogará o trânsito, principalmente em ruas arteriais e centros comerciais, já que os carros não precisarão parar para os pedestres atravessarem.

Outra localização propícia para as passarelas é próximo de paradas de transportes públicos, onde sempre há um bom fluxo de pedestres.

O trânsito é um dos aspectos de Cities: Skylines que mais se modificam conforme sua cidade expande. É importante que você planeje com antecedência as ruas, cruzamentos, rotatórias, passarelas e tudo que se relacione com o tráfego. Dessa forma você evita o desperdício de dinheiro efetuando muitas modificações.

4. Reloque construções em vez de destruí-las

Em Cities: Skylines você pode simplesmente relocar construções. Essa é uma opção bem mais barata do que destruir a primeira e construir uma segunda em outro lugar. A função é extremamente útil para remodelar sua cidade, principalmente quando você precisar fazer upgrades em pistas, deixando-as mais largas (algo que acontecerá com muita frequência).

5. Identifique as estruturas criadoras de tráfego

a

Existem vários fatores que contribuem para a formação de congestionamentos em Cities: Skylines, e quanto mais rápido você identificá-los, melhor. Nesse sentido, saiba que o jogo é tão fiel à realidade que você não precisa ficar memorizando uma lista, mas apenas pensar logicamente.

Hospitais, escolas, construções, aeroportos, estações de trem, portos e paradas de transportes público são as principais estruturas que você precisa ter atenção. Se você parar pra pensar, cada uma delas tem seus próprios motivos para afogar o trânsito, seja o embarque e desembarque de passageiros, carga ou descarga de materiais, etc.

Para as estruturas mais centrais como escolas e hospitais, certifique-se de construí-las em ruas arteriais, o mais largas possíveis. Já aquelas responsáveis por trazer pessoas para a cidade como aeroportos e portos, a melhor opção é construí-los em locais mais isolados e se assegurar de conectá-lo ao centro com transporte público. Dessa forma as pessoas que saírem ou chegarem na cidade não precisarão usar carros.

6. Utilize a pausa com moderação

Se você é iniciante em Cities: Skylines, provavelmente vai passar muito tempo com o jogo pausado enquanto você edita sua cidade. Isso é normal. No entanto, é importante você se acostumar o mais rápido possível a administrar sua cidade sem pausar a partida. Isso porque, sempre que você pausa, você para de gerar recursos e deixa de ganhar dinheiro.

Sempre que editar sem pausa, tenha cuidado apenas na hora de modificar ruas e estradas ou o fornecimento de luz, água e esgoto. Se as alterações não forem feitas corretamente, ou se demorarem, podem causar sérias complicações na sua cidade.

7. Transporte público gratuito vale a pena!

a

Por incrível que pareça, fornecer transporte público grátis é vantajoso para você a longo prazo. Isso porque, o lucro vindo das passagens é sempre pouco e não faz tanta diferença assim. Por outro lado, quando o transporte público é gratuito, o número de habitantes que deixa de usar carros é muito grande, o que acaba diminuindo muito os congestionamentos e o grau de poluição (dois fatores difíceis de lidar no jogo).

No entanto, certifique-se de que o trajeto com o transporte público é rápido. Se for demorado demais, os habitantes ainda usarão carro e a passagem gratuita não adianta nada. Isso também serve para os casos em que apenas um trajeto (ida ou volta) para o trabalho é rápido e o outro é lento.

8. Aproveite o jogo ao máximo: instale mods

Cities: Skylines está vinculado com a Oficina da Steam, onde você pode encontrar inúmeras opções de mods (modificações) para o jogo. Para quem não sabe, mods são pequenos arquivos que, quando inseridos na pasta do jogo, alteram a experiência de diversas formas.

Existem mods para todos os gostos em Cities: Skylines. São tantos (TANTOS) que é até difícil citar somente alguns. A título de exemplo, tem mod para ajudar no gerenciamento de trânsito, para instalar construções do mundo real (como IKEA), para adicionar novas opções de ruas, para sincronizar o tempo do jogo com a hora real, etc. Cheque a Oficia da Steam e personalize seu o jogo. Vale a pena.

Raphael Aviz
Raphael Aviz
Ex-jogador profissional de Counter Strike e Super Smash Bros. Melee, Brawl e 4. No momento aposentado das competições mas FANÁTICO por todos os eSports, sejam de luta, estratégia ou FPS.