Paladins: 6 dicas essenciais para quem quer mandar bem no game


Maurício Amaro
Maurício Amaro

Paladins é um shooter gratuito e exclusivamente multiplayer, lançado em 2016. Rapidamente se tornou uma febre entre os usuários da Steam durante sua fase beta, um ano antes, o que o fez chegar também aos consoles da última geração. É um jogo competitivo. duro e que exige muita habilidade e prática dos jogadores para ser dominado com maestria.

Apesar de semelhante a outros títulos do gênero, Paladins ainda conta com elementos de MOBA. Cada personagem oferece um estilo de jogo, e as classes aqui não são "engessadas". Portanto é muito importante aprender a ter aquela malandragem de desenvolver sua própria forma de jogar para se dar bem. E nós vamos lhe ajudar nisso com x dicas simples.

1. Aprenda a trabalhar em equipe

Paldins trabalho em equipe

Os shooters modernos têm um problema grave, em especial aqueles que são multiplayer: os jogadores são estimulados a adotarem uma postura individualista. A ideia de Paladins, por exemplo, é que duas equipes de cinco pessoas se enfrentem para cumprir objetivos. É claro que será necessário matar oponentes, independentende do modo de jogo. Afinal, é e sempre vai ser um jogo de tiro.

O problema é que muitos jogadores, principalmente os iniciantes, querem "mostrar serviço". Na tentativa de não serem newbies, acabam apelando para um estilo Rambo. Disparam tiros e caçam os inimigos pelos mapas de forma descontrolada. Em 99% das vezes acabam mortos, deixando os companheiros na mão.

Por isso o melhor é sempre trabalhar em equipe. São cinco componentes em cada time, e o seu objetivo primário é encontrar o seu lugar e a sua função nesse grupo. Esteja preparado e com sede para matar, mas faça isso apenas se for mesmo necessário e de forma estratégica.

2. Entenda os modos de jogo

Paladins tem basicamente três modos de jogo: Cerco, Chacina e Mata-Mata. Cada um tem seus objetivos próprios, exigindo dos jogadores formas diferentes de jogar. E isso é muito positivo! Dá dinamismo às partidas, permitindo que os players desenvolvam e apliquem várias habilidades.

A primeira dica do texto cabe muito bem aqui. O trabalho em equipe precisa ser voltado para o cumprimento imediato dos objetivos de cada modo. Eventualmente você acabará eliminando oponentes e ganhando pontos por isso, portanto não se preocupe. Os tiros que você dá precisam beneficiar a equipe, não só o seu progresso individual.

Veja abaixo um pouco sobre cada um dos modos;

  • Cerco: esse é o modo principal. As duas equipes de cinco jogadores cada precisam somar 4 pontos em várias rodadas de jogo para vencerem a partida. Esses pontos podem ser obtidos de três formas: tomando controle do Ponto de Captura(1+), levando a Carga para a base inimiga (1+) e parando a Carga inimiga até que o tempo de levar a Carga termine (1+). Essa última forma só fornece ponto uma vez por partida para cada equipe.
  • Chacina: esse lembra muito um King of the hill. O objetivo é ganhar 400 pontos antes da equipe adversária ou obter mais pontos em 10 minutos. Para isso, deve matar os inimigos ou controlar a grande área no centro do mapa.
  • Mata-Mata: semelhante à Chacina, aqui o objetivo é chegar a 40 mortes antes do inimigo. Aqui sim o seu maior objetivo é sair dando tiro em todo mundo.

3. Saiba as funções das classes de Campeões

Campeões de Paladins

Como todo bom shooter no estilo MOBA, Paladins conta com classes de personagens. Elas são muito importantes por darem uma base de estilo de jogo aos players. Digamos que cada classe tem uma função pré-estabelecida nas arenas de batalha. Mas não necessariamente é preciso seguir isso à risca, visto que todos os Campeões funcionam muito bem em outras funções que não as suas de origem.

Confira o que cada classe faz:

  • Tanque: é conhecida como a linha de frente do grupo. Seus Campeões são mais robustos, levam menos dano e têm as funções de assegurar os objetivos conquistados e de proteger os demais jogadores da equipe.
  • Suporte: essa é a classe mais versátil do jogo. Tem utilidade tanto ofensiva quanto defensiva. Eles acompanham os jogadores ofensivos e mesmo os Tanques, de modo a regenerar suas vidas.
  • Flanco: quem pertence à classe Flanco é mais leve e mais rápido. Sua função básica é ofensiva, mas estratégica, já que vai por trás e pelos lados do inimigo para dar-lhe dano de surpresa.
  • Dano: já a classe Dano é quem tem mais poder de fogo em Paladins. São os responsáveis ofensividade maior na equipe.

4. Primeiro escolha a classe, depois o Campeão

No total, entre personagens que já vêm com o jogo e aquelas que podem ser obtidas depois, são 41 Campeões. Jogar com todos pelo menos uma vez é complicado, já que as opções são muitas. Além disso, a maioria precisa ser adquirida por algum tipo de compra, o que nunca é algo divertido.

Mas é importante que você tenha um Campeão favorito. Em Paladins cada uma dessas 41 personagens tem armas, habilidades e talentos únicos. Tudo isso faz diferença, sim, na hora do gameplay. Não adianta: jogar com Lex é uma coisa, jogar com Bomb King é outra.

Para facilitar sua escolha, pense primeiro na escolha da classe. É possível saber com qual estilo de jogo você se identifica mais. Escolhido isso, dentro da classe comece a experimentar Campeão por Campeão. Veja se suas habilidades, se a arma que usa, se o Ultimate é do seu agrado. Somente se sentindo confortável no controle da personagem é possível fazer boas partidas.

5. Use a elevação do relevo a seu favor

Os mapas de Paladins não são enormes, mas também não são pequenos. A amplitude de espaço de ação faz com que sempre haja aquela dúvida a respeito de onde virá o próximo ataque. Por isso o que muitos jogadores mestres fazem é usar o relevo a seu favor.

A ideia não é atuar de camper, mas sim ter maior cobertura. Lugares altos sempre são os melhores locais para se proteger dos inimigos. Você reduz o espaço de ação deles ao confinar-se em um espaço menor e coberto. Ao mesmo tempo você também ganha um espaço de ação menor, que pode facilitar eliminações de inimigos.

6. Não esqueça das cartas

Cartas de Paladins

O grande diferencial de Paladins em relação a outros shooters é a inclusão do sistema de cartas no jogo. Cada Campeão tem a sua disposição uma coleção de cards modificadores. Eles alteram atributos e habilidades dentro das partidas, muitas vezes modificando quase por completo o estilo de jogo da personagem.

Entender o que cada carta pode fazer pelo seu Campeão é muito importante. Não só porque pode permitir a você jogar de forma única em relação a outros players, mas também porque isso certamente facilitará sua vida nos combates.

Todos os Campeões vêm com um loadout, um conjunto de cartas, pré-estabelecido. O jogador pode mudá-lo sempre antes de cada partida, mas nunca no meio de uma. As combinações são muitas, os tipos e os níveis de cards também. Invista um tempo em analisar esses itens se quiser melhorar seu nível de jogo.

Veja quais são os 5 melhores Campeões de Paladins!

Maurício Amaro
Maurício Amaro
Acadêmico e pesquisador na área de Game Studies, iniciou suas aventuras pelo mundo dos jogos ainda na infância, nos Arcades de Mortal Kombat. É fã incondicional dos games single player, mas não nega uma partidinha de FIFA no modo Online quando tem um tempo livre.