Os 10 melhores jogos de terror para PC para quem gosta de levar sustos


Maurício Amaro
Maurício Amaro

Os jogos de terror são muito populares em todas as plataformas, inclusive nos PCs. Nesse sentido, existem dezenas de bons títulos para quem gosta de levar um susto de vez em quando, seja em uma campanha solo, seja no modo multiplayer. Para que você não perca tempo procurando pelos melhores do gênero, nós elaboramos o nosso Top 10. Confira!

10. Dead by Daylight

Dead by Daylight Jogos de Terror PC
Já pensou em enfrentar Ghostface em um jogo?

Dead by Daylight é uma experiência unicamente multiplayer, o que de forma alguma é um ponto negativo. Ainda que o game não tenha campanha solo ou siga uma linha narrativa clara, fornece uma dinâmica e um gameplay eletrizantes. Você assume o controle de um assassino ou de uma vítima, em uma arena, sendo obrigado ou a matar ou a sobreviver para sair vencedor.

Se quiser jogar como assassino, escolha um de uma lista de boas opções. Alguns são inspirados em filmes de terror, como Freddy Krueger, Ghostface e Leatherface. O mais divertido é que cada serial killer tem habilidades únicas e formas exclusivas de atacar as vítimas.

As vítimas são um pouco mais genéricas, visto que sua função é "apenas" sobreviver. Para realizar esse feito, é preciso que as vítimas consertem geradores, a fim de abrir o portão de saída. Uma missão nada fácil, o que exige parceria de todos os jogadores online que são designados como sobreviventes.

Esse é um dos melhores jogos de terror para PC, principalmente se você quer uma experiência multiplayer. O clima é constantemente tenso, proporcionando grandes momentos de susto e de adrenalina durante as partidas.

Você deve jogar esse jogo se:

  • Quiser controlar ou enfrentar icônicos assassinos do cinema
  • Gostar de jogos de terror inteiramente online

Veja o nosso review de Dead by Daylight e saiba o que achamos do game!

9. Resident Evil 7: Biohazard

Resident Evil 7: Biohazard
Resident Evil 7: Biohazard traz inimigos imortais

Esqueça a Corporação Umbrella: seu inimigo em Resident Evil 7 é um pouco mais sinistro do que isso. Tudo começa com uma carta de sua esposa, Mia, que supostamente está desaparecida há três anos. O pedido de ajuda dela leva o jogador, Ethan Winters, aos terrenos da família Baker, um local inóspito, sombrio e que lhe dará uma grande dor de cabeça até o fim do jogo.

No geral, a jogabilidade de Biohazard é bem semelhante aos títulos anteriores da franquia. Você tem a sua disposição utensílios e armas de fogo para enfrentar os doentios Bakers. Além da família, há uma espécie de bactéria em forma humana que anda pela mansão onde se passa 99% do game.

Esse jogo, no entanto, incentiva o uso de furtividade em vez de ação. Até porque o foco de Resident Evil é causar terror psicológico, susto e horror em quem está jogando. A ambientação é fantástica nesse sentido, tanto pela trilha sonora quanto pelos elementos visuais.

Biohazard é um ótimo título para quem adora enigmas, suspense e constante sensação de coração acelerado. Vale muito a pena por dar uma nova perspectiva à franquia Resident Evil. E se gosta de uma boa narrativa de terror, esse jogo é o que você quer!

Você deve jogar esse jogo se:

  • Prefere jogos de terror focados na exploração e não na ação
  • Está preparado para levar muitos sustos o tempo todo

8. Outlast

Outlast PC
Outlast é só para quem tem nervos fortes

Outlast é aquele clássico filme de terror investigativo que se passa em um hospício, mas em versão jogável. Na pele do jornalista Miles Upshur, o jogador investiga hospital psiquiátrico após ter sido acionado por uma fonte. Uma vez lá dentro, ele descobre que há algo sinistro acontecendo no edifício. A missão descobrir o que é exatamente e também tentar sair de lá com vida.

Miles não pode atacar seus inimigos. No máximo o que pode fazer é empurrá-los às vezes. Sua vantagem é poder subir em locais mais altos, que os pacientes do hospício não alcançam. Ele ainda pode rastejar e se esconder em locais fechados. O hospital é completamente escuro, por isso Upshur usa a visão noturna de sua câmera para enxergar o caminho.

Outlast é um dos melhores jogos de terror survival para PC. Não poder atacar os adversários é angustiante. Ter que apenas fugir o tempo todo dos pacientes e da entidade sobrenatural conhecida como Walrider é uma tensão que gela a alma. Além disso, o enredo é poderoso e leva a um final surpreendente e digno dos maiores filmes de horror do cinema.

Você deve jogar esse jogo se:

  • Gostar de jogos inteiramente survival
  • Quiser iniciar seus passos na franquia Outlast

7. Left 4 Dead 2

Left 4 Dead 2
Sobreviva lado a lado com seus amigos em Left 4 Dead 2

Ainda que Left 4 Dead 2 seja de umas gerações anteriores de jogos, continua sendo um dos melhores jogos de terror para PC quando o assunto é cooperação. No modo tradicional de jogo ele junta quatro players de um lado, representando os sobreviventes. Do outro lado estão os Infectados, que tentarão evitar que os survivors cheguem ao seu destino.

No modo Versus quem assume os Infectados também são jogadores reais. Há também uma campanha single player, em que os demais sobreviventes são controlados por inteligência artificial. O ponto mais divertido do jogo, no entanto, é justamente a parte cooperativa, que torna a tarefa de sobreviver muito mais dinâmica e emocionante.

Esse game ainda tem um modo tipicamente survival, em que a missão é ficar preso em uma seção do mapa. Uma vez lá os jogadores precisam eliminar o maior número possível de Infectados, sem morrer, durante um período de tempo.

O modo Realism, por sua vez, considerado o maior desafio do jogo, obriga os jogadores a matarem os zumbis apenas com tiros perfeitos na cabeça.

Left 4 Dead 2 não é exatamente um jogo de horror psicológico. Diferentemente dos títulos anteriores da lista, é mais voltado para a ação e para a eliminação de inimigos. Ainda assim causa aquela tensão genuína de quem não sabe se conseguirá sobreviver a hordas infinitas de Infectados.

Você deve jogar esse jogo se:

  • Quiser mais ação que exploração
  • Gostar de campanhas cooperativas

6. Alien: Isolation

Alien: Isolation PC
O Xenomorfo pode aparecer a qualquer momento e em qualquer lugar

Podemos dizer que Alien: Isolation faz parte da série de filmes que fez sucesso nos cinemas, pelo menos em termos de enredo. O jogador controla Amanda Ripley, filha de Ellen Ripley, personagem de Sigourney Reaver nos filmes. O objetivo é investigar o desaparecimento de Ellen no espaço.

Nessa missão para entender o que se passa dentro da estação espacial Sevastopol, Amanda precisa sobreviver a uma criatura Xenomorfo. Além do alien, há ciborgues descontrolados e humanos que devem ser enfrentados.

O problema nisso é que o Xenomorfo é imortal. Aliás, nem é possível atacar a criatura. Ou seja: Alien: Isolation é um jogo completamente survival. Durante a maior parte do tempo tudo que você fará será se esconder e seguir seu caminho sem chamar a atenção do alien.

Apesar disso, o game oferece a opção de usar armas e ferramentas, podendo até mesmo de criá-las. Efetivamente elas só funcionam, no entanto, contra os robôs e contra inimigos humanos. Outros acessórios estão disponíveis, como um rastreador para o Xenomorfo e o sistema de computadores da estação.

Você deve jogar esse jogo se:

  • É fã dos filmes da franquia Alien
  • Prefere jogos com jogabilidade mais furtiva

5. Friday the 13th: The Game

Friday the 13th PC
Enfrente ou controle todas as versões de Jason em Friday the 13th: The Game

Especialmente pensado para os fãs de carteirinha de Jason Voorhees, Friday the 13th: The Game é um jogo muito divertido para quem gosta de um horror multiplayer. São oito jogadores por partida, sendo sete prováveis vítimas e um controlando o temível Jason. A missão aqui é clara de ambas as partes: sobreviver e matar, respectivamente.

Mas claro que o jogo não se resume a isso. Diferentemente de outros jogos de multiplayer assimétrico, Friday the 13th permite que os conselheiros ataquem Jason com ferramentas, armas e armadilhas. Apesar não matar o serial killer, pode atrasá-lo, o que já ajuda.

Para que os sobreviventes consigam escapar com vida, é preciso cumprir uma série de objetivos secundários no mapa semiaberto. Há uma "Vitória Épica" contra Jason, contudo é muito difícil completar todas as condições para a realização dela.

O jogo se passa em cinco mapas diferentes, cada um correspondendo a um filme da franquia. O mais legal, contudo, é que os jogadores que controlam Jason podem usar praticamente todas as versões da personagem que apareceram nos cinemas. Só isso já vale muito a experiência!

Você deve jogar esse jogo se:

  • Sempre quis controlar ou enfrentar Jason Voorhees
  • Gosta de jogos multiplayer assimétricos

4. Amnesia: The Dark Descent

Amnesia: The Dark Descent PC
Não deixe Daniel perder a sanidade em The Dark Descent

Amnesia: The Dark Descent é um jogo mais psicológico e conceitual de terror. Ganhou dois prêmios como game independente, principalmente por sua proposta de jogabilidade. O jogador controla Daniel, que acorda em um castelo sombrio, sem se lembrar por que está lá. A única coisa que ele sabe é que há alguma criatura o seguindo.

Enquanto percorre o castelo tentando descobrir como foi parar ali, o jogador precisa resolver diversos enigmas e puzzles para prosseguir. O jogo é completamente baseado na furtividade, sem qualquer tipo de ação ofensiva. Há, inclusive, uma barra indicando seu nível de stealth.

Outro ponto interessante de Amnesia é o fato de que Daniel precisa ser mantido são. A sanidade do protagonista pode ser quebrada por vários motivos: ficar demais em um local escuro, olhar para monstros e presenciar eventos assustadores são alguns deles. Quando a sanidade é afetada, Daniel tem alucinações auditivas e visuais, o que atrai inimigos.

O terror aqui está, portanto, em gerenciar Daniel e em agir com rapidez e inteligência.

Você deve jogar esse jogo se:

  • Quiser um gameplay de jogo de terror focado em puzzles
  • Gostar de jogos focados na agilidade de tomada de decisões

3. The Evil Within 2

The Evil Within 2 PC

Quem jogou o primeiro título da franquia sabe bem o que esperar de The Evil Within 2: sustos, ação e aquela pegada exploratória e furtiva que dá ainda mais tensão a um jogo que já é tenso.

Novamente o jogador controla Sebastian Castellanos, agora à procura de sua filha perdida. Para isso, Sebastian vai ao mundo simulado de Union, em que a menina está sendo usada como cobaia para um experimento. Uma vez lá, descobre que Union se tornou um pesadelo, com criaturas demoníacas atacando seus moradores.

Todas as missões conduzem o jogador à resolução do game. Elas são realizadas em um mundo parcialmente aberto, com muito pouco recurso e com diversos inimigos como obstáculos. É sempre possível enfrentá-los, seja com armas, seja com ataques corporais. O ideal, contudo, é optar por movimentos furtivos, que o impedirão de ser notado.

Tentando fugir de armadilhas e monstros que constantemente aparecem pela tela, The Evil Within 2 é uma versão "moderna" de Silent Hill. Há muitas referências implícitas à franquia da Konami nesse jogo.

Você deve jogar esse jogo se:

  • Quiser continuar o enredo do primeiro título da franquia
  • Interessar-se por um survival horror com referências a Silent Hill

2. The Resident Evil 3: Nemesis

The Resident Evil 3 PC
Nemesis é seu maior pesadelo em The Resident Evil 3

The Resident Evil 3 está no hall dos melhores jogos de terror da história. Muito disso porque o maior vilão do game é ninguém menos do que Nemesis. O zumbi mais temido de toda a franquia é responsável por causar alguns pequenos ataques cardíacos no jogador durante o gameplay.

Nessa terceira edição, você controla Jill Valentine, enquanto ela tenta escapar Racoon City. Você terá de enfrentar uma série de zumbis, resolver puzzles e vagar pela cidade à procura de uma saída. No meio do caminho, sempre sem avisar, você será surpreendido por Nemesis, que usa um lança-foguetes como arma.

Alguns encontros com Nemesis são obrigatórios. Outros ocorrem de acordo com as escolhas feitas pelo jogador durante o jogo. Aliás, um ponto bastante inovador de The Resident Evil 3 é o final depender das escolhas feitas ao jogar. De acordo com o desempenho, é possível ainda ganhar roupas alternativas e armas especiais ao fim.

The Resident Evil 3 ainda conta com um minigame, em que o jogador escolhe um de três oficiais do Serviço de Contramedidas da Corporação Umbrella.

Você deve jogar esse jogo se:

  • Gosta de jogos de zumbis
  • Quer jogar um dos melhores títulos da franquia The Resident Evil

1. Silent Hill 2

Silent Hill 2 PC
Horror de verdade é o que Silent Hill 2 proporciona

Obviamente que Silent Hill 2 é o grande nome desta lista. Apesar de o primeiro título da franquia ter sido um grande sucesso, é sua continuação que consolida a série como uma das melhores do gênero de terror. Assumindo o comando de James Sunderland. Ele vai a Silent Hill após receber uma carta da esposa, Mary, já falecida.

Na maior parte do gameplay, tudo que o jogador faz é vagar por Silent Hill. É possível, aliás, evitar uma boa quantidade de inimigos se souber andar pelos lugares certos. Nessas andanças, você deve encontrar chaves que abrirão portas, grades outros acessos a locais antes bloqueados.

A realização de puzzles e as lutas contra os inimigos não dependem do nível de jogo. Há enigmas e há adversários mais fáceis, assim como há aqueles mais dificeis. Tudo é uma questão de escolha e de sorte. Não podemos esquecer, no entanto, que os Pyramid Head são inevitáveis, e esses são os que dão mais trabalho.

Além da ambientação sombria, da névoa, do alarme característico e dos inimigos bizarros, Silent Hill 2 assusta também na narrativa. Como em todos os títulos da franquia, essa edição tem mais de um final possível. São seis, para sermos mais exatos. Três podem ser ativados na primeira vez que se termina o jogo. Os outros apenas a partir da segunda vez.

Você deve jogar esse jogo se:

  • Nunca jogou um dos mais icônicos jogos de terror de todos os tempos
  • For fã da franquia Silent Hill

Conheça também os melhores jogos offline e grátis para PC!

Saiba quais são os grandes simuladores dos computadores.

Os 10 melhores jogos de zumbis para PC que você precisa jogar!

Maurício Amaro
Maurício Amaro
Acadêmico e pesquisador na área de Game Studies, iniciou suas aventuras pelo mundo dos jogos ainda na infância, nos Arcades de Mortal Kombat. É fã incondicional dos games single player, mas não nega uma partidinha de FIFA no modo Online quando tem um tempo livre.