10 jogos exclusivos do Xbox One que você não pode deixar de jogar


Maurício Amaro
Maurício Amaro

Em comparação ao PlayStation 4, o Xbox One não tem tantos exclusivos assim. Isso está longe de ser um problema, visto que a Microsoft privilegia qualidade dos títulos a sua quantidade. Por isso se você comprou agora esse console ou está pensando em comprar um, precisa saber tudo sobre as melhores exclusividades oferecidas pelo One aos seus jogadores.

Quem é fã de jogos de corrida, por exemplo, tem várias opções incríveis dentro da franquia Forza. Se prefere shooters, tanto Halo quanto Gears of War são títulos que você precisa jogar. Portanto, para facilitar sua vida nessa busca por jogos exclusivos do Xbox One, trazemos 10 games imperdíveis na lista abaixo.

1. Ryse: Son of Rome

Ryse: Son of Rome

Son of Rome infelizmente é um título que é muito subestimado pelos donos de um Xbox One. Ao mesmo tempo em que traz elementos pertencentes a outros jogos em sua jogabilidade, ele é um jogo único ao seu modo. Principalmente porque não há praticamente nenhum outro game de peso que aborde o Império Romano do jeito que Ryse aborda.

No controle de Marius Titus, um general romano, acompanhamos uma jornada em busca de vingança pela morte de sua família. A história começa em Roma, e Marius está defendendo a cidade de uma invasão bárbara realizada pelos celtas. Em meio a esse combate e à tentativa de proteger o imperador Nero, o general começa a contar sua história.

Somos levados então aos eventos que levaram Marius à luta contra os celtas. Iniciamos como um soldado que acabou de finalizar seu treinamento. Portando várias armas ao longo do gameplay, iremos enfrentar muitos inimigos de Roma. O combate é no estilo hack n' slash, o que encoraja a criação de combos de ataque. Você pode usar espadas, lanças e escudos. Em meio às lutas, pode dar ordens a personagens não controláveis. Se tiver o Kinect, é possível usar sua voz para dar esses comandos.

Ryse: Son of Rome traz mecânicas famosas em outros títulos, como os quick-time events de God of War III. Isso acontece quando alguns inimigos estão aptos a sofrerem execuções. Apertando os botões certos, você iniciará uma sequência. Quanto mais perfeitas forem a sequência e a execução, mais recompensas você ganha.

Contando também com um modo multiplayer, em que os jogadores se enfrentam no Coliseu de Roma, Ryse se revela como um jogo bastante completo. Ele não e perfeito, longe disso, mas é um exclusivo do Xbox One que você precisa dar uma chance.

Você deve jogar esse jogo se:

  • Gostar de jogos com inspiração histórica
  • Quiser uma boa dinâmica de combate

2. Quantum Break

Quantum Break

Quantum Break é outro título que recebeu atenção mista dos jogadores do Xbox One. Isso se deve muito provavelmente ao fato de que esse jogo é bastante "diferentão". Sua proposta de jogabilidade e de estrutura de missões não é nada que as pessoas estejam acostumadas em shooters e em jogos de ação.

Primeiro porque Quantum Break mexe com o tempo. Não exatamente viagens no tempo, mas o tempo em si. O protagonista Jack Joyce ganha o poder de controlá-lo após uma experiêcia científica ter dado errado. Antagonista, Paul Serene, responsável pelo experimento e fundador da empresa que o desenvolveu, é quem você precisa combater, tendo ele os mesmos poderes.

O gameplay de Quantum Break dá aos jogadores muitas habilidades em termos de combate. Além do uso de armas de fogo e de combate corpo a corpo, controlar o tempo é uma grande vantagem. É possível congelá-lo, se quiser, além de poder usá-lo para se teletransportar para perto dos inimigos. Com essas capacidades especiais, os estilos de luta são os mais variados possíveis.

Esse título ainda traz um sistema de escolhas, que interfere na progressão do jogo. Isso está relacionado com outra característica muito especial do jogo. Todas as personagens importantes de Quantum Break são interpretadas por atores reais e famosos. Ao final de cada missão, esses atores aparecem, como se fosse uma série de TV dentro do jogo, dando sequência às atitudes tomadas pelo jogador em seu gameplay.

Apesar das críticas mistas, esse é um exclusivo do Xbox One que não pode ser desprezado. É um shooter de boa qualidade, com uma mecânica de movimentação e de interação muito bem construída. Além disso, a sensação de que estamos em um filme é interessante e traz uma perspectiva inovadora ao título.

Você deve jogar esse jogo se:

  • Se gosta de jogos com temáticas que envolvam viagens no tempo
  • Quiser experimentar um shooter "diferentão"

3. State of Decay 2

State of Decay 2

State of Decay 2 é aquele jogo que todo fã de The Walking Dead ou de World War Z vai amar. Quem sempre quis saber o que era sobreviver a um apocalipse zumbi, construindo uma base, coletando recursos e enfrentando humanos e criaturas, precisa desse título. Por isso se você tem um Xbox One, considere-se uma pessoa de sorte.

A palavra que define State of Decay 2 é comunidade. O objetivo é você construir e gerir uma base com sobreviventes ao apocalipse. A gerência dessa comunidade é bastante desafiadora. Procurar por recursos e coletá-los é tão necessário quanto atender às necessidades e às demandas das pessoas que vivem em sua base.

Logo no início do jogo há um bom tutorial que vai lhe ensinar a lidar com os zumbis. Assim que passar por essa etapa, deverá escolher um local no mapa para montar sua base. Não subestime essa escolha. É possível fazer uma varredura das áreas com um binóculo, para ver o que há por perto. Isso facilita depois quando você for atrás de recursos. E, é claro, seja inteligente e escolha um lugar alto!

Feito isso, agora é sobreviver. State of Decay parece oferecer um panorama bem realista do que seria um apocalipse zumbi. Suas personagens precisam lidar com fome, frio e falta de sono. Essas questões afetam sua produtividade e podem acabar levando-as à morte. Como é um jogo realmente survival e que acontece em um mundo em real time, você precisa estar muito atento e não deixar seus sobreviventes parados por muito tempo.

Há uma série de missões que você deve cumprir. O jogo não termina nunca, pois sempre haverá zumbis para serem mortos e recursos para serem coletados. É um jogo muito divertido e que oferece uma experiência única em meio a jogos do gênero.

Você deve jogar esse jogo se:

  • For fã de zumbis
  • Quiser saber como é sobreviver a um apocalipse no melhor estilo World War Z

4. Killer Instinct

Killer Instinct

Quem gostava de jogar nos arcades da década de 1990 com certeza jogou o primeiro Killer Instinct, lançado em 1994. O jogo atual, exclusivo do Xbox One, é um reboot da franquia para as novas gerações de console. E podemos dizer que ele está muito bem desenvolvido, trazendo toda a mecânica e a jogabilidade clássicas que fizeram a série ser conhecida.

O Killer Instinct da 8ª geração é um jogo de luta baseado na mecânica de combos. Há os movimentos que iniciam os combos, aqueles que dão sequência a eles e, por fim, os finalizadores. Ainda existem os Ultra Combos, que são movimentos especiais usados apenas para finalizar uma partida com vitória.

Esse jogo traz duas funções novas a Killer Instinct. Os Combo Breakers servem para acabar com os ataques sequenciais do oponente. Basta apertar os botões certos na hora certa. Já os Counter Breakers servem para evitar que os combos sejam quebrados. Como pode ver, as lutas nesse jogo podem ser mesmo frenéticas.

Killer Instinct ainda traz uma feature presente em outros jogos de luta da atual geração. O modo Instinct usa uma barra especial, que quando preenchida libera uma habilidade única de cada jogador. Ela tem a intenção de complementar os estilos de luta e os ataques de cada personagem.

O jogo é dividido por Temporadas. Cada Temporada vai adicionando personagens e modos de jogo. São 29 personagens jogáveis no total. As duas primeiras Temporadas trazem modos história, sendo que cada lutador tem a sua própria narrativa. Os atos ao longo desses modos influenciam no final do jogo.

Você deve jogar esse jogo se:

  • É um fã dos primeiros jogos arcade de Killer Instinct
  • Quer um jogo de luta com modo história bem desenvolvido

5. Gears of War 4

Gears of War 4

A franquia Gears of War é uma das mais famosas do Xbox One. A sua popularidade e sucesso entre os gamers levaram à criação de vários títulos de qualidade. Gears of War 4 é o mais recente, embora sua sequência já esteja em desenvolvimento. Em relação ao terceiro título não traz muita inovação, o que não significa que não seja um grande jogo.

Ele apresenta JD Fenix como protagonista. O jogo se passa cronologicamente 25 anos após tudo que aconteceu em Gears 3. Os eventos passados levaram as pessoas do planeta Sera a terem que se adaptar a um novo estilo de vida. Os combustíveis fósseis já não existem, e agora as pessoas precisam lidar com tempestades de vento mortais que atingem todo o planeta.

O plot todo do jogo gira em torno do fato de que os poucos sobreviventes em Sera foram confinados em cidades com altas muralhas. Há alguns, no entanto, que se rebelaram contra essa lei marcial, tornando-se rebeldes. O objetivo de Fenix é combater esse grupo e impedir que mais pessoas se rebelem contra o sistema.

As mecânicas de jogo não mudaram muito em relação ao título anterior. Ainda há boas opções de armas para escolher, com a inclusão de novos modelos bastante úteis, como um lançador de lâminas cortantes. É possível entrar em combate corpo a corpo, e há como eliminar inimigos usando ataques furtivos. As tempestades em seus variados níveis de força afetam as lutas e principalmente o sistema de mira das armas.

Você deve jogar esse jogo se:

  • Jogou os títulos anteriores da série Gears of War
  • Tem interesse em shooters com armas altamente tecnológicas

6. Sea of Thieves

Sea of Thieves

Quem sempre quis experimentar a vida de pirata do mar precisa muito jogar Sea of Thieves. É um jogo mais cooperativo que single player, principalmente porque até quatro pessoas podem navegar juntas no mesmo navio. O divertido é que elas se dividem entre as funções. Um é responsável pelos canhões, outro por manobrar o barco, tem quem fique de olho no mapa e assim vai.

O mundo do jogo é aberto e não há propriamente uma campanha ou uma narrativa a seguir. A ideia é explorar, pilhar, capturar e afundar navios alheios. É possível encontrar outros piratas controlados por outros grupos de jogadores enquanto explora. Todo ouro que obter serve para mudar a aparência do barco e de suas armas.

O objetivo máximo de Sea of Thieves é se tornar uma lenda dos mares. O que muitos jogadores e mesmo a crítica especializada reclamam é que há falta de conteúdo no jogo. Tornar-se o pirata mais temido do jogo não é lá uma tarefa muito específica. Embora às vezes possa parecer que esse título é um título "inacabado", não desista dele e lhe dê uma chance.

Você deve jogar esse jogo se:

  • Quiser um jogo sobre piratas de qualidade
  • Interessar-se por navegação em mar aberto

7. Sunset Overdrive

Sunset Overdrive

Sunset Overdrive é um dos exclusivos mais diferentes da lista. Ele é um shooter em terceira pessoa, que se passa na cidade fictícia de Sunset City. O jogador assume o controle de uma ex-empregado de uma fabricante de bebidas. Essa empresa, a FizzCo, não seguiu os protocólos de segurança ao produzir seus produtos. Como resultado, sua principal bebida, Overcharge Delirium XT, se tornou tão tóxica que transformou os clientes em monstros.

O objetivo, portanto, é limpar essa "sujeira" deixada pela FizzCo. O protagonista pode ser customizado do jeito que o jogador quiser no início do game. Ele tem acesso a muitos tipos de armas, tendo ao seu dispor outras capacidades, como o uso de saltos, de acrobacias e de técnicas de parkour para enfrentar os inimigos.

Os inimigos podem ser humanos, robôs da FizzCo e os ODs, os monstros mutantes nos quais quem ingeriu a bebida se transformou. Há uma linha narrativa que serve de fundo para as aventuras do jogador por Sunset City. Apesar de interessante, não é o aspecto mais importante do jogo. O visual cartunesco de Sunset Overdrive e todo o bom-humor dos combates são os seus pontos fortes.

Quem não abre mão de um modo multiplayer também encontrará isso nesse jogo. Sunset Overdrive ainda possui um medidor de estilo, cuja barra vai sendo preenchida conforme o jogador executa movimentos incríveis em variados momentos do jogo.

Você deve jogar esse jogo se:

  • Gostar de uma experiência shooter com mais humor em vez de seriedade
  • Quiser um jogo de ação com vasta opção de armas.

8. Ori and the Blind Forest

Ori and the Blind Forest

Ori and the Blind Forest é um jogo-arte. Feito todo em 2D, tem gráficos muito belos, desenhados, quase como uma grande aquarela em movimento. Isso faz dele o jogo menos "comercial" desta lista, principalmente porque sua jogabilidade é bastante simples, dando mesmo maior atenção aos aspectos narrativos e visuais.

Há dois protagonistas, formando um par. Sein é a luz e os olhos da Spirit Tree, enquanto Ori é um espírito guardião. Sein é capaz de lançar labaredas para destruir inimigos e objetos que estejam no meio do caminho. Ori já é mais responsável pela movimentação, visto que escala, salta e pula.

Esse título é fácil de ser jogado e não requer muita habilidade dos jogadores. O principal objetivo é trazer o esplendor à floresta no qual as personagens vivem. Recuperar e restaurar o ecossistema exige que o jogador recupere os três elementos que dão equilíbrio ao mundo do game: calor, água e vento.

Ori and the Blind Forest traz todo o seu valor justamente nessa busca por equilibrar a natureza. É um jogo bonito não só visualmente, mas também em tudo que transmite aos jogadores durante o gameplay. Vale muito a compra!

Você deve jogar esse jogo se:

  • Gostar de jogos mais artísticos
  • Quiser um game voltado para uma temática ecológica

9. Halo 5: Guardians

Halo 5: Guardians

O quinto jogo da bem-sucedida franquia Halo é o primeiro a não ser classificado para maiores. Mas não é por isso que Halo 5: Guardians é menos explosivo e duro que os títulos anteriores. Nele, Master Chief desapareceu em uma missão. Agora o Fire Team Osiris precisa encontrá-lo e capturá-lo. Dessa forma, o plot do jogo segue duas linhas narrativas diferentes.

Em termos de jogabilidade, novas mecânicas foram introduzidas em substituição a outras. As habilidades de armadura, por exemplo, deixam de existir, dando lugar às habilidades Spartan. Todos os equipamentos dos soldados, mas principalmente a armadura receberam melhorias.

Agora o sistema de movimentação está mais fluído e permite mais voos, saltos e ataques usando energia liberada por essa armadura. Aliás, essas novas funcionalidades dependem do contexto. Evasão, defesa ou ataque vão desencadear movimentos específicos da armadura.

Em termos gerais, Halo 5: Guardians não inova muito. Os combates continuam com a mesma intensidade frenética, e Master Chief permanece o mesmo soldado poderoso de sempre. A narrativa segue os eventos de Halo 4, mas também não traz muito aprofundamento. No entanto, se você quer ação no melhor estilo da franquia, certamente deve adquirir esse título.

Você deve jogar esse jogo se:

  • Gosta dos jogos da série Halo
  • Gosta de games com guerra tecnológicas

10. Forza Horizon 4

Forza Horizon 4

Se você pensou que nesta lista de exclusivos do Xbox One não haveria pelo menos um título da série Forza, fique tranquilo. Não só trazemos um, como possivelmente trazemos um dos melhores jogos de corrida já criados. Com um sistema de mundo aberto que busca representar algumas localidades do Reino Unido, são mais de 450 carros licenciados à escolha dos pilotos virtuais em Forza Horizon 4.

O mundo aberto de Forza Horizon 4 é sincronizado e partilhado, ou seja: são até 72 jogadores partilhado o mesmo servidor. Mas também é possível jogar no modo offline, para quem preferir. Pensando nisso, o jogo permite que os jogadores criem suas próprias pistas por meio de um sistema de criação e de edição.

O jogo tem um sistema de mudança de estações. Ele é fixo, ou seja: todos os jogadores de um servidor são expostos ao mesmo tempo ao mesmo tipo de clima. Cada estação dura uma semana, falando em tempo real. Os jogadores têm a oportunidade, ainda, de comprar garagens, que fornecem itens e carros.

Cumprir os desafios diários, semanais e mensais também garantem novos veículos. Há uma série de modos e desafios em que os players podem se engajar para competir por prêmios únicos. Conteúdos adicionais podem ser baixados, também fornecendo novos veículos.

Junto de Forza Motorsport 7, Horizon 4 é um dos mais celebrados títulos de corrida de todos os consoles. As opções de gameplay são muitas. Elas atendem a todos os tipos de pilotos. Portanto seja você um motorista virtual experiente ou não, adquirir esse jogo é quase uma obrigação para quem tem um Xbox One!

Você deve jogar esse jogo se:

  • Amar jogos de corrida
  • Quiser um jogo de corrida em mundo aberto

Veja os melhores jogos disponíveis para o Xbox One!

Conheça também quais são os grandes exclusivos do PlayStation 4!

Maurício Amaro
Maurício Amaro
Acadêmico e pesquisador na área de Game Studies, iniciou suas aventuras pelo mundo dos jogos ainda na infância, nos Arcades de Mortal Kombat. É fã incondicional dos games single player, mas não nega uma partidinha de FIFA no modo Online quando tem um tempo livre.