Pokémon GO: 10 dicas avançadas para a Liga de Batalha GO! (PvP)


Raphael Nascimento
Raphael Nascimento

A Liga de Batalha GO já se tornou uma das funcionalidades mais divertidas de Pokémon GO. Além de oferecer grandes quantidades de Poeira Estelar, os combates garantem prêmios extremamente úteis como Doces Raros e MTs de Ataque Ágil e Carregado, além de encontros com pokémons (nem sempre) relevantes para o PvP.

Para você que está na luta para se sair bem no PvP ranqueado de Pokémon GO, juntamos abaixo 10 dicas avançadas para você levar o seu jogo para o próximo nível. Confira!

1. Memorize todas as fraquezas e resistências

Dicas Liga de Batalha - Pokémon GO

Ok, antes de começarmos as dicas avançadas, precisamos falar sobre o óbvio. Não há como ser bom no PvP sem conhecer TODAS as fraquezas e resistências do jogo, já que um ataque do tipo errado ou uma troca mal feita pode significar sua derrota.

Caso você ainda não tenha em mente essas informações, acesse o nosso guia completo de vantagens e desvantagens em Pokémon GO. Comece pelos tipos que são mais comuns na Liga que você joga (alguns tipos como Inseto e Fantasma são bem incomuns no PvP).

Para facilitar o processo, tente usar métodos mnemônicos bem simples como: Lutador amassa Aço e quebra Gelo, Fogo derrete Gelo e queima Planta, Fada encanta Lutador e Dragão, etc. Pode parecer bobo, mas ajuda MUITO.

2. Entenda os pokémons com dois tipos

Diversos pokémons do jogo possuem mais de um tipo e isso gera efeitos diferentes com relação aos ataques. Por exemplo: se um pokémon de Água leva dano super efetivo de Elétrico, o que acontece com outro pokémon que é Água/Terrestre? A resposta é: a fraqueza e a resistência se anulam e o pokémon leva dano neutro.

A mesma lógica serve para todas as combinações. Isso quer dizer que um pokémon pode ser duplamente fraco ou duplamente resistente contra um mesmo tipo. Exemplos:

  • Gyarados (Água/Voador): ambos os tipos são fracos contra Elétrico, então o pokémon receberá um dano 4 vezes maior deste tipo.
  • Tyranitar (Pedra/Sombrio): ambos os tipos são fracos contra Lutador, então o pokémon receberá um dano 4 vezes maior deste tipo.
  • Mantine (Água/Voador): ambos os tipos são resistentes contra Terrestre, então o pokémon receberá um dano 4 vezes menor deste tipo.

3. Conheça os melhores pokémons e os melhores ataques

Dicas Liga de Batalha - Pokémon GO

Não tem jeito, assim como todos os jogos, em Pokémon GO também existem personagens melhores do que os outros. Por isso, é crucial que você saiba quais são os melhores pokémons do jogo para a Liga de Batalha GO. Saiba que, na maioria das vezes, os pokémons mais indicados para as batalhas não são os mesmos que você utiliza em reides (raids).

Para você não perder tempo, acesse os nossos três guias referentes às três Ligas do jogo e os seus respectivos melhores ataques para cada uma:

4. Aprenda a acumular energia dos golpes

Muitos jogadores não sabem, mas é possível acumular energia mesmo após a sua barra já estar cheia. Dessa forma você atrasa um pouco o seu golpe carregado e, após lançá-lo, já está bem mais próximo de lançar outro. Essa estratégia é extremamente útil para trocar o timing dos seus ataques e manter o controle sobre o ritmo do jogo.

Outra grande vantagem de fazer isso é poder “farmar” energia para o próximo oponente. Muitas vezes você já pode finalizar um pokémon adversário, mas é melhor se manter ganhando energia para abrir vantagem quando o próximo pokémon entrar. No entanto, faça isso apenas quando o farm de energia não oferecer risco para a sua vantagem (geralmente quando o pokémon adversário não consegue causar dano no seu e também não pode ser trocado).

5. Use baits farmando energia

Dicas Liga de Batalha - Pokémon GO

Provavelmente a maior vantagem de se farmar energia é conseguir baitar o oponente. Ao variar o timing dos seus golpes, é possível que seus adversários percam a noção de quanta energia você já gerou e, com isso, você pode usar um golpe muito mais forte enquanto seu oponente espera outro (como um Terremoto do Swampert, em vez de Surfar).

6. Priorize a composição do time e não pokémons individuais

Sim, você deve tentar incluir os melhores pokémons possíveis no seu time, mas isso não deve, NUNCA, comprometer a qualidade do conjunto. Assim, procure montar um time com o maior número de coberturas possíveis, ou seja, para cada fraqueza de um pokémon seu, escolha outro que resolva o problema e assim em diante.

Além disso, custe o que custar, não repita tipos dentro do time! Não adianta ter dois pokémons fortes que sejam counterados por um único do oponente. Pense sempre em counterar os counters dos seus pokémons e pronto. Exemplo:

Se você escolher uma Kyogre (Água) para o seu time, você deve escolher outro pokémon com ataques que counterem Planta e Elétrico, ou seja, qualquer pokémon que tenha acesso a ataques de Terra, Voador, Veneno, Inseto, Fogo ou Gelo. Após escolher o segundo pokémon, repita o processo para definir o terceiro.

7. Otimize a ordem do seu time

Dicas Liga de Batalha - Pokémon GO

Tão importante quanto escolher os pokémons do seu time é escolher a ordem com que eles entrarão. Claro que isso também depende de quais pokémons seus oponentes escolherão, mas é crucial que você entenda quem é melhor no início da partida.

Para escolher o primeiro pokémon, leve em conta dois critérios:

  • Capacidade de pressionar escudos: você deve escolher um pokémon que use ataques carregados rápidos que forcem o oponente a gastar escudos.
  • Menor número de fraquezas: você deve escolher um pokémon que tenha o menor número de vulnerabilidades possíveis para diminuir as chances de ter que trocá-lo.

8. Ao perder um pokémon, não escolha outro imediatamente

Essa é uma dica bem simples mas que faz toda a diferença: caso você tenha perdido um pokémon e ainda esteja no tempo de recarga de trocas (1 minuto), aguarde até o último segundo para escolher o novo. Dessa forma você ganha mais tempo e pode counterar o oponente com uma nova troca.

9. Saiba como trocas afetam buffs e debuffs

Dicas Liga de Batalha - Pokémon GO

Diversos golpes no jogo aplicam bônus ou penalidades de Ataque e Defesa aos seus pokémons (Superpoder, Corpo-a-corpo, Poder Ancestral, Fosso de Areia, etc). O que muitos jogadores não sabem é que esses efeitos podem ser resetados com trocas! No entanto, alguns detalhes precisam ser levados em conta:

  • No caso de buffs, o efeito só permanecerá no seu pokémon caso você o retorne para a luta através da função de troca. Caso você escolha o pokémon buffado após outro morrer, o buff não funcionará.
  • No caso de debuffs, o pokémon debuffado só será “curado” caso ele entre após a morte de um pokémon. Caso ele retorne através da função de troca, o debuff ainda estará em andamento.

10. Aprenda o tempo dos ataques carregados dos oponentes

Uma dica preciosa para pegar o timing dos ataques oponentes: utilize a sua própria barra de energia como parâmetro. Compare o estado da sua energia com o momento do ataque adversário e saiba que, na próxima vez que você tiver juntado o mesmo tanto de energia, ele já poderá atacá-lo. Isso ajuda você a fazer trocas precisas para pokémons resistentes àquele tipo específico.

Já no caso de oponentes que usam ataques ágeis com animação lenta (Confusão, Cachoeira, Encantar, Rosnado, etc), é simplesmente mais fácil contar quantos ataques eles dão até poderem usar um carregado. Use isso em sua vantagem e efetue trocas para pokémons resistentes, se necessário.

Raphael Nascimento
Raphael Nascimento
Ex-jogador profissional de Counter Strike e Super Smash Bros. Melee, Brawl e 4. No momento aposentado das competições mas FANÁTICO por todos os eSports, sejam de luta, estratégia ou FPS.