10 jogos de zumbi para PC para se preparar para o apocalipse


Maurício Amaro
Maurício Amaro

Matar zumbis é uma das maiores diversões de muitos jogadores de PC. Para aqueles que adoram esses jogos, há muitos bons títulos disponíveis para jogar em desktop. Neste artigo reunimos aqueles que você não pode deixar de experimentar pelo menos uma vez na vida!

10. Plants vs. Zombies 2: It's About Time

Plants vs. Zombies 2
Plants vs. Zombies 2 é para quem gosta de estratégia

Vamos começar com o menos óbvio dos jogos de zumbis. Plants vs. Zombies 2, assim como seu antecessor, é super divertido e traz uma visão mais engraçada e menos apocalíptica dos devoradores de cérebro. Nele você é dono de uma fazenda e precisa usar suas plantas para atacar as hordas de zumbis que estão se aproximando.

O jogo acontece em uma espécie de tabuleiro de xadrez. Você ataca e se defende em linhas, e o objetivo é justamente acabar com as linhas dos zumbis. Para isso, você tem várias espécies diferentes de plantas, cada uma com habilidades únicas. É possível evoluir essas plantas para terem mais poder de ataque.

Plants vs. Zombies 2 conta com dezenas de estágios para jogar na campanha principal. Outros modos de jogo, como minigames e puzzles, também estão presentes. Mesmo que a temática do apocalipse zumbi tenha tomado um rumo mais "leve" nesse game, ele é fundamental para quem gosta de títulos do gênero.

Você deve jogar esse jogo se:

  • Quiser um gameplay diferenciado no gênero "jogos de zumbis"
  • Gostar de jogos mais lúdicos e engraçados

9. State of Decay 2

State of Decay 2
State of Decay 2 exige estratégia constante dos jogadores

Se acontecesse mesmo um apocalipse zumbi, certamente seria como o que State of Decay 2 representa. Esse jogo oferece ao jogador a possibilidade de experimentar todas as partes desse evento. Construir uma base, gerenciar recursos, administrar pessoas, coletar itens e, é claro, matar zumbis.

Tudo isso vem em um gameplay frenético e que acontece em tempo real. Ou seja: se você quer jogar de forma hardcore, não dá para pausar em State of Decay 2. Claro que se quiser seguir a campanha solo, sem a companhia de até outros três jogadores, também pode.

O divertido nesse game, no entanto, é a cooperação. Aliás, sem auxílio é bem possível que você não dure muito. Ter companheiros facilita a coleta de mantimentos e a sobrevivência, pois as hordas de zumbis são mesmo enormes.

Além disso, State of Decay 2 tem um sistema de escolhas bem interessante. Você terá de construir um código moral próprio, tendo de decidir se deixará para trás amigos para se salvar ou se arriscará sua vida, por exemplo. Há também um sistema de progressão e de melhorias das personagens que vivem em sua base, muito semelhante àqueles comuns em jogos RPG.

Você deve jogar esse jogo se:

  • Gostar de jogos com gerenciamento de recursos
  • Se interessar por um jogo de zumbi com uma pegada de RPG e de estratégia

8. Killing Floor 2

Killing Floor 2 PC
Killing Floor 2 lembra os bons momentos de Doom

Killing Floor 2 é um jogo que lembra um pouco aqueles arcades dos anos 80 e 90. Isso porque você e outros cinco jogadores devem sobreviver a hordas constantes de zumbis, chamados de zeds. Elas vêm por níveis, sendo que a cada nível as criaturas ficam mais poderosas. No final, você enfrenta um boss, caso sobreviva.

O jogo é bastante simples em termos de combate. Além de poder lutar no corpo a corpo, pode usar armas de fogo. Uma seringa de cura está à disposição do jogador, além de um soldador para bloquear passagens.

Sempre que um zed é morto, você ganha pontos de experiência e dinheiro. Sobreviver a uma rodada de zumbis dá bônus financeiro. O dinheiro pode ser usado em uma loja que abre por tempo limitado entre uma horda e outra. Compra-se e vende-se armas e armaduras.

Em relação ao sucesso nas missões, o mais importante é garantir que a equipe inteira não morra. Aqueles que morrerem em uma rodada poderão voltar na próxima. Isso torna Killing Floor 2 um jogo simples, divertido e que privilegia mesmo a ação dos jogadores.

Você deve jogar esse jogo se:

  • Gostar de uma mecânica de jogo mais arcade
  • Quiser um game mais focado na ação

7. Dying Light

Dying Light PC
Crie mais de 1000 armas diferentes em Dying Light

Dying Light apresenta um mundo aberto, com um sistema eficiente de noite e de dia, que afeta o comportamento dos zumbis. Durante os momentos de luz, é preciso coletar recursos, mantimentos e ferramentas para guardar nos pontos seguros do mapa. Já à noite, é hora de se abrigar ou de ter muita cautela ao explorar a cidade.

Isso se explica porque os zumbis são apáticos, lerdos e quase não atacam durante os dias. É possível, inclusive, fugir deles sem dar combate. À noite eles ficam perigosos, unem-se em bandos e tornam a exploração muito mais arriscada.

Tudo isso é agravado ou não pelas mudanças climáticas. Vento, chuva, tempestades e névoa podem prejudicar a exploração e mesmo o combate contra os zumbis. Outro grande acerto desse título, que torna a experiência de um apocalipse zumbi algo mais real.

Em termos de combate, o combate corpo a corpo é mais privilegiado do que com armas de fogo. A funcionalidade de criar armas é uma parte importante do jogo, sendo possíve criar até 1000 armas diferentes com os recursos encontrados.

Você deve jogar esse jogo se:

  • Quiser a experiência de mundo aberto e com campanha cooperativa
  • Gostar da ideia de construir centenas de armas diferentes.

6. Dead Island

Dead Island PC
Mantenha o fôlego para não morrer em Dead Island

Dead Island é um jogo de ação com elementos de survival e mesmo de RPG. O jogador inicia sua campanha em um hotel, em que é apresentado às personagens principais, que são quatro. Ou seja, você escolhe uma delas e as outras são controladas por outros players, se o jogo for online. Pode optar sempre pelo single player, se quiser.

O objetivo dos jogadores em Dead Island é encontrar uma forma de entrar em contato com o mundo fora da ilha de Banoi. Para tanto, é preciso explorar o grande mapa, matando zumbis, coletando armas e evoluindo sua personagem. Há uma árvore de evolução, que conta com habilidades que você pode escolher adicionar.

As lutas ocorrem frequentemente no corpo a corpo. Usar facas e outras armas de corte e possível, assim como bastões e ferramentas. Tanto essas armas quanto as armas de fogo quebram, se deterioram e precisam de reparo conforme são usado. Um ponto positivo para quem gosta de um desafio real.

A stamina é outro ponto bastante complexo de Dead Island. O jogador, mesmo evoluindo, tem uma stamina baixa, que costuma deixá-lo na mão contra zumbis mais poderosos. É frequente morrer no meio de uma luta por estar muito cansado. Portanto é preciso ter estratégia para saber quando é melhor fugir do que lutar.

Você deve jogar esse jogo se:

  • Desejar um gameplay desafiador em termos de combate
  • Se interessar por jogos cooperativos

5. Left 4 Dead 2

Left 4 Dead 2
Prepare-se para hordas constantes de zumbis em Left 4 Dead 2

Left 4 Dead 2 é inteiramente cooperativo e online. De um lado temos os sobreviventes e do outro temos os Infectados. Os quatro survivors são controlados por quatro players, enquanto os inimigos estão sob comando da inteligência artificial. O objetivo é um só: matar hordas inteiras de zumbis para chegar ao final vivo.

Caso haja interesse, há o modo Versus. Nele tanto os sobrevivenrtes quanto os Infectados são controlados por jogadores reais. Se quiser, o modo single player permite que sua equipe tenha apenas inteligência artificial, assim como seus inimigos.

O grande desafio de Left 4 Dead 2, no entanto, é o modo chamado de Realism. Mesmo os players mais profissionais têm dificuldade em sobreviver. Para matar os zumbios, é preciso atirar diretamente em sua cabeça. Falhar nisso faz com que as criaturas apenas se aproximem mais rápido de você.

Apesar de não oferecer muita diversidade de formas de jogar, Left 4 Dead 2 é um título muito bom para quem gosta de ação constante. Traz várias opções de armas e oferece um bom sistema de multiplayer online.

Você deve jogar esse jogo se:

  • For fã de jogos de tiro frenéticos
  • Der mais valor à ação que à exploração

4. The Walking Dead: A Telltale Games Series

The Walking Dead PC
Drama, zumbis e escolhas tensas lhe aguardam em The Walking Dead

Todo mundo pelo menos já ouviu falar de The Walking Dead, seja pelos quadrinhos, seja pela série de TV. O jogo da Telltale é uma mistura de todo o universo dessa história, contada com ação, drama interativo e elementos de survival. São cinco episódios e uma DLC, que contam uma história paralela à original, com personagens inteiramente novos.

O jogador assume o controle de Lee Everett, um criminoso que precisa sobreviver ao apocalipse zumbi. Dá para controlá-lo nas mais diversas perspectivas de câmera, o que torna o jogo bem dinâmico.

O gameplay desse título traz a premissa já conhecida nas produções da Telltale, que é a tomada de decisões. O jogador precisa decidir por algumas atitudes que modificarão o seguimento da narrativa conforme for avançando. As personagens não controláveis podem mudar sua percepção sobre Lee de acordo com essas escolhas.

O ponto alto do jogo é justamente esse sistema. Ele também é usado em momentos em que é preciso salvar a vida de outra personagem. Apesar da "pouca" liberdade de exploração, The Walking Dead: A Telltale Games Series é um jogo dinâmico por essa razão. Não há previsibilidade em suas ações.

Você deve jogar esse jogo se:

  • For fã da série ou dos quadrinhos de The Walking Dead
  • Gostar de jogos com sistema de escolhas

3. Dead Rising 4

Dead Rising 4
Tudo pode virar uma arma contra os zumbis em Dead Rising 4

Dead Rising 4 traz todos os pontos de sucesso dos jogos anteriores da franquia. O primeiro deles é o protagonista, o jornalista Frank West. Ele volta à cidade de Willamette, palco do primeiro game, para investigar uma nova epidemia. A narrativa é simples, pouco aprofundada e serve apenas para dar um "norte" à ação.

Essa ação decorre em um mundo aberto, totalmente livre para ser explorado. Não há aquela componente temporal do cronômetro, que obrigava os jogadores a cumprirem as missões dentro de um tempo específico. Agora dá para escrutinar cada canto dos cenários devagar e com atenção.

Nesse Dead Rising as opções de armas estão ainda maiores. Frank West pode pegar praticamente qualquer coisa e transformar em uma arma. Há opções de combinação de itens que aumentam ainda mais o poderio ofensivo do protagonista. Não podemos esquecer que os veículos também são amplamente personalizáveis.

Os zumbis receberam a adição de uma nova espécie. Ela está presente em hordas de menor tamanho, contudo traz criaturas ágeis e mais fortes. Humanos também são inimigos a serem enfrentados, embora não apresentem grande desafio.

Unindo as dezenas de pontos positivos de Dead Rising 4, temos o melhor jogo da franquia até então e um bom título para quem gosta de zumbis.

Você deve jogar esse jogo se:

  • Jogou outros jogos da franquia
  • Gosta de shooters com ampla personalização de armas

2. World War Z: The Game

World War Z PC
World War Z tem até 1000 zumbis ao mesmo tempo em tela

World War Z: The Game é um belíssimo shooter cooperativo, em que quatro jogadores precisam sobreviver e eliminar o maior número possível de zumbis. A ação decorre em seis localidades: Denver, Nova Iorque, Tóquio, Sydney, Moscou e Jerusalém. No total, de acordo com os desenvolvedores, podem aparecer ao mesmo tempo até 1000 inimigos em tela.

Esses inimigos são inteligentes e são capazes de subir uns nos outros para alcançar maiores atitudes. Um comportamento visto no filme e no livro no qual o jogo é inspirado. O problema é que os jogadores aparecem em pontos aleatórios do mapa, nem sempre sendo em locais favoráveis.

Além da luta contra zumbis, os jogadores em World War Z precisam cumprir outros objetivos. A maioria deles envolve o resgate e a escolta de sobreviventes de um ponto a outro do mapa. A coleta de itens e de recursos existe em meio às partidas.

Outros modos de jogo estão incluídos em World War Z, mas todos envolvendo a participação de múltiplos jogadores. O mais interessante deles é o Player vs. Player vs. Zombies. Dois grupos de jogadores humanos se enfrentam enquanto precisam matar também hordas intermináveis de criaturas.

Você deve jogar esse jogo se:

  • Quiser enfrentar um número absurdo de zumbis ao mesmo tempo
  • Se interessar por campanha survival

1. The Resident Evil 3: Nemesis

Resident Evil 3
The Resident Evil 3 é o melhor jogo de zumbi de todos os tempos

Todo gamer que gosta de jogos de zumbis precisa jogar zerar The Resident Evil 3 pelo menos uma vez na vida. Enfrentar a ameaça quase onipresente do zumbizão Nemesis é uma das experiências mais tensas do jogo. Fora os zumbis normais, os cachorros transformados em monstros e os puzzles constantes desse jogo.

Totalmente em terceira pessoa e quase sempre na pele de Jill Valentine, o jogador precisa escapar a qualquer custo de Racoon City. Para isso, é preciso saber jogar com a pouca munição, com o pouco espaço no inventário e com o fato de que não dá para salvar o jogo sempre que quiser.

A ambientação de The Resident Evil 3 é outro ponto bem positivo. Há quase nada de trilha sonora, apenas os sons dos ambientes em que você está. O silêncio torna tudo mais assustador, e os zumbis são bastante ativos e agressivos quando aparecem gritando.

Ainda que os gráficos não sejam dos melhores, esse jogo é imperdível para quem gosta de matar zumbis. O enredo é muito bom, a mecânica é clássica, os sustos são garantidos e ainda há a possibilidade de ter mais de um final diferente. Quem completa o jogo uma vez tem acesso a um minigame especial.

Você deve jogar esse jogo se:

  • Quer jogar um dos mais clássicos jogos de zumbis
  • É fã da franquia The Resident Evil 3

Veja também os melhores jogos de terror disponíveis para PC!

Maurício Amaro
Maurício Amaro
Acadêmico e pesquisador na área de Game Studies, iniciou suas aventuras pelo mundo dos jogos ainda na infância, nos Arcades de Mortal Kombat. É fã incondicional dos games single player, mas não nega uma partidinha de FIFA no modo Online quando tem um tempo livre.