8 jogos parecidos com Minecraft para você continuar montando


Raphael Aviz
Raphael Aviz

O fenômeno Minecraft certamente acumulou vários imitadores ao longos dos anos. Diversos jogos aproveitaram a estética e a premissa simples do jogo para adicionar elementos extras ao gênero, seja ação, aventura, RPG ou outros que você verá neste artigo.

Confira abaixo 8 jogos parecidos com Minecraft para você continuar construindo e destruindo tudo!

1. Block Story

Block Story

Plataformas: PC, Android e iOS

Não tinha como Block Story ser mais parecido com Minecraft. O jogo tem tudo o que Minecraft oferece e mais: elementos de RPG. Nele você entra um imenso mundo aberto completamente editável em você pode construir o que quiser, tudo enquanto luta com dragões, adquire armas mágicas, aprende novas habilidades, completa quests, passa de nível e todo o resto típico de RPGs.

Block Story conta com uma grande comunidade online que compartilha texturas, mods e outros elementos para customizar o jogo. No geral, o jogo é basicamente idêntico a Minecraft (inclusive os gráficos) e possui muito conteúdo e segredos para você descobrir.

Você deve jogar Block Story se:

  • É fã de Minecraft e gosta de RPGs.

2. Trove

Trove

Plataformas: PC, PS4, Xbox One

Trove é outro jogo que mistura os elementos de Minecraft com RPG. O jogo também contém um vasto mundo aberto e um número de absurdo de opções de customização de personagem.

Trove é um jogo que encoraja muito a interação entre jogadores. Muitas vezes você precisará formar grupos para aproveitar melhor tudo o que o mapa tem para oferecer, como masmorras e bosses difíceis de combater sozinho.

Você deve jogar Trove se:

  • Gosta de Minecraft e de RPGs que envolvam interação com outros jogadores.

3. Lego Worlds

Lego Worlds

Plataformas: PC, Playstation 4, Xbox One, Nintendo Switch

Inspirado em Minecraft, que  é obviamente inspirado no universo Lego, Lego World oferece todo o charme e a beleza da marca de brinquedos para o mundo virtual. Aqui você pode fazer tudo com o cenário: construir, destruir, copiar, colar, enfim, remodelar da forma que você quiser.

Lego World tem dois aspectos principais: por um lado você precisa explorar o mundo, fazer quests e upar para conseguir novas habilidades. Por outro, você vai querer deixar tudo para lá e ficar apenas construindo coisas com o editor super eficiente e fácil de usar.

Você deve jogar Lego World se:

  • Quer saber o que você construiria se tivesse infinitas peças de Lego quando criança.

4. Cube World

Cube World

Plataformas: PC

Como o título sugere, Cube World segue a mesma estética de Minecraft e também possui um grande mundo aberto para ser explorado. No entanto, Cube World não possui mecânicas de construção e foca mais no desenvolvimento do personagem.

Em Cube World você passará mais tempo upando, ganhando novas skills, equipamentos novas roupas e explorando o mapa. Você também precisará escolher uma classe e uma especialização, o que deixa o jogo com muito aspecto de RPG.

Você deve jogar Cube World se:

  • Quer um jogo com estética de Minecraft mas não faz questão de destruir e construir coisas.

5. Terraria

Terraria

Plataformas: PC, Android, iOS, Playstation 4, Xbox One, Nintendo Switch

Um bom jeito de descrever Terraria é: Minecraft em plataforma 2D com muito mais coisas para matar e armas para montar.

O jogo não tem tutorial então os jogadores devem descobrir sozinhos como construir coisas e, principalmente, quais itens podem ser construídos. Além disso, em Terraria, todo o cenário pode ser destruído para revelar segredos e juntar material.

O jogo se passa basicamente em dois cenários, a superfície e o subsolo. Na superfície o jogo acompanha um ciclo dia/noite que traz características e inimigos diferentes. Cada momento do dia é propício para um tipo de atividade.

Uma das graças do jogo é construir sua própria vila. Conforme você expande e aprimora as construções, NPCs (personagens não jogáveis) aparecem para ajudar com curas, vendas de itens e outros serviços. Mas atenção! Eles só aparecem se você construir quartos com espaço, móveis e luz o suficiente.

Você deve jogar Terraria se:

  • Quer continuar a experiência de Minecraft em um cenário 2D com gráficos bem simples.

6. Craft the World

Craft the World

Plataformas: PC e iOS

Outro jogo 2D com as funcionalidades de Minecraft. Craft the World é bastante parecido com Terraria, mas nele você controla um grupo de anões em vez de um só personagem.

Em Craft the World você precisa reunir materiais suficientes para construir aparelhos tecnológicos enquanto tenta sobreviver às hordas de zumbis que atacam de noite. O objetivo é construir um portal que o leve até o próximo mundo, onde o processo se repetirá. Infelizmente, o jogo não traz nenhuma inovação em relação aos demais dessa lista.

Você deve jogar Craft the World se:

  • Pelos mesmos motivos de Terraria.

7. Terasology

Terasology

Plataformas: PC

Terasology é um jogo abertamente inspirado em Minecraft e poderia facilmente ser confundido com ele. Em termos de estética os dois jogos são extremamente parecidos, com algumas exceções em que Terasology escolheu por um estilo mais realista, principalmente na água e no céu.

Os desenvolvedores de Terasology consideram o jogo uma verdadeira homenagem a Minecraft, então todas as funcionalidades são bem parecidas. A mecânica de destruir o cenário e construir o que quiser é a mesma e, nesse ponto, Terasology insere algumas novidades como, por exemplo, a possibilidade de construir um exército de minions para proteger suas coisas.

O principal diferencial de Terasology é que ele é um jogo open-source (código aberto), ou seja, qualquer jogador pode contribuir para o desenvolvimento e expansão do projeto.

Você deve jogar Terasology se:

  • Quer experimentar uma cópia mais “informal” de Minecraft que recebe atualizações com mais frequência.

8. Blockstorm

Blockstorm

Plataformas: PC

Blockstorm é um FPS (first person shooter) que acontece em um mundo completamente formado por blocos destrutíveis. O jogo permite que você crie e edite mapas e compartilhe imediatamente com outros jogadores. Assim, as opções de campos de batalha são infinitas.

Blockstorm segue a mesma linha da maioria dos jogos FPS: você faz parte de um time formado por outros jogadores reais e precisa derrotar os oponentes. O jogo contém vários modos disponíveis (eliminação, captura de bandeira, etc), e a possibilidade de interagir com tudo ao redor faz a experiência PvP ser incrivelmente divertida. Por exemplo: você pode destruir uma ponte com tiros e fazer ela cair na cabeça dos oponentes.

Você deve jogar Blockstorm se:

  • Gosta de Minecraft e também de jogos de tiro.
  • Quer um jogo mais voltado voltado para a competição sem perder a semelhança com Minecraft.
Raphael Aviz
Raphael Aviz
Ex-jogador profissional de Counter Strike e Super Smash Bros. Melee, Brawl e 4. No momento aposentado das competições mas FANÁTICO por todos os eSports, sejam de luta, estratégia ou FPS.