Sessão nostalgia: lembre-se dos 20 melhores jogos de PS1


Maurício Amaro
Maurício Amaro

O PlayStation 1 é, sem dúvidas, um dos mais icônicos consoles de todos os tempos. Ele foi a estreia da Sony na indústria dos games, proporcionando alguns dos melhores jogos digitais da história. Desde o esquecido Dino Crisis ao famoso Gran Turismo 2 temos aí uma série de títulos que merecem destaque.

Por isso vamos conferir neste artigo nostálgico uma lista com os melhores jogos de PS1. Relembre com a gente os grandes nomes do primeiro PlayStation, em uma ordem decrescente até o mais marcante de todos

20. Spyro The Dragon

Spyro The Dragon PS1
Spyro é o dragão mais fofo de todos

Simplesmente conhecido como Spyro, esse jogo está guardado com carinho nos corações e nas lembranças de muitos jogadores. Com uma pegada leve e exploratória, era preciso guiar o dragãozinho roxo e sua amiga libélula por vários reinos. Spyro precisava derrotar inimigos e resolver puzzles bastante intrigantes para prosseguir no jogo.

Podíamos dar saltos e chifradas, além de cuspidas de fogo. Usando disso, Spyro ia de reino em reino salvando outros dragões congelados. O jogo marcou tanto que uma trilogia do dragãozinho foi relançada para as novas gerações, totalmente remasterizada.

19. Driver

Driver PS1
Você tinha habilidade necessária para mandar bem em Driver?

Driver foi o jogo de uma geração. Nele você assumia o papel de um policial infiltrado no mundo do crime. Sua missão era acabar com todas as gangues e organizações criminosas da cidade. John Tanner, sua personagem, é conhecido por sua habilidade como motorista, e como tal deve realizar missões quase impossíveis para os chefões do crime.

Esse jogo se passa em 4 cidades diferentes. Em cada localização o jogador controla um carro diferente. Miami, São Francisco, Los Angeles e Nova York são os palcos das ações de Tanner. Outros quatro carros podem ser usados em missões específicas, além de haver carros secretos a serem descobertos.

18. Medal of Honor

Medal of Honor PS1
Em 1999, o gráfico de Medalha de Honra era lindo...

Mais conhecido como Medalha de Honra, esse é um jogo quase lendário. Arquitetado por Steven Spielberg, coloca o jogador no comando do Tenente Jimmy Patterson. O pano de fundo do gameplay é o final da Segunda Guerra Mundial. Na época caiu no gosto de muitos jogadores, visto que era um game complicado, difícil e bastante complexo do ponto de vista narrativo.

Para 1999, época do lançamento do jogo, Medalha de Honra foi revolucionário em termos de jogabilidade. Hoje vemos elementos dessa jogabilidade em muitos jogos de guerra das gerações atuais. Não é à toa que muitos consideram a franquia Medal of Honor a precursora de jogos como Battlefield e Call of Duty.

17. Dino Crisis

Dino Crisis PS1
Dino Crisis precisa de um remake urgente

Dino Crisis está há anos para ganhar um remake. Não é à toa, visto que é super original em sua temática. Alguns o consideram uma mistura de Jurassic Park com The Resident Evil. Regina, personagem principal, está em uma ilha isolada, repleta de dinossauros mortais, e sua missão é sair de lá com vida.

O enredo é super interessante e a jogabilidade é mesmo muito igual aos jogos da franquia The Resident Evil. Os poucos momentos para salvar o jogo, o inventário com pouca capacidade e as armas com poucas balas são alguns dos desafios que Regina deve enfrentar. Como se já não bastassem dinossauros gigantes.

16. Legacy of Kain: Soul Reaver

Legacy of Kain: Soul Reaver PS1
Um dos jogos mais bonitos do PS1

Outro jogo que certamente merecia um remake. Poderíamos compará-lo hoje a Journey, já que era um game contemplativo, profundo, com uma narrativa complexa e muito bem construída. Todo o jogo foi desenvolvido usando quase todo o potencial do console. Os gráficos na época eram lindíssimos!

A narrativa era bastante pesada, com uma ambientação gótica e com um gameplay dificílimo. A jornada em busca da espada Soul Reaver, infelizmente, não teve um desfecho. A história segue aberta, à espera de uma continuação ou mesmo do tão sonhado remake.

15. Digimon World

Digimon World PS1
O mais divertido jogo de Digimon de todos os tempos

A nostalgia em relação a Digimon World é forte. Quem jogou esse título no PS1 irá concordar que nenhum jogo dos monstrinhos digitais feito depois desse conseguiu superá-lo. Nele você é um menino humano, levado a File City para salvar o mundo dos Digimon. Você deve criar, treinar e digievoluir um monstrinho, entrando em batalhas cada vez mais difíceis.

O jogo é super divertido porque convida o jogador a criar uma cidade de Digimon. Nela cada Digimon assume uma função. É muito bacana ver File City tomando forma. Além disso, há diversas conquistas e segredos para desvendar conforme você explora os cantos mais inóspitos do Digimundo.

14. Spider-Man

Spider-Man PS1
Diversos outros heróis da Marvel estavam em Spider-Man

Durante quase duas décadas Sipder-Man do PlayStation 1 esteve no posto de melhor jogo do Homem-Aranha já feito. Claro, os gráficos não eram lá essas coisas, mas o gameplay era mesmo insano. Foi um título feito de fãs para fãs, permitindo usar trajes clássicos dos quadrinhos.

A quantidade de personagens das histórias de Peter Parker é enorme. Além de muitos vilões, como Venom, Carnificina, Mystério e Doutor Octopus, há a presença de outros heróis, como Demolidor. Enfim: é um jogo que está na memória de muitos jogadores e rendeu dezenas de horas de diversão no saudoso PS1.

13. Crash Bandicoot: Warped

Crash Bandicoot: Warped PS1
Quem nunca se irritou jogando Crash não sabe o que é frustração

Crash Bandicoot: Warped é a coroação de uma trilogia de muito sucesso. Não poderíamos deixar esse jogo de fora da lista, afinal Crash é praticamente o mascote da Sony. E nesse título em especial ele está ainda mais doido do que nunca. Além dele ainda podemos controlar sua irmã Coco pela primeira vez.

O jogo permite acessarmos fases divididas em temas. Há o Egito Antigo, assim como os Estados Unidos pré-histórico e o do futuro, além de China, Atlântida e outros cenários muito legais. O jogo continua desafiador, convidando o jogador a obter todas as gemas em todas as missões, para chegar não a 100%, mas a 105% de conclusão.

12. Tomb Raider II

Tomb Raider 2 PS1
Saltos, fugas e tiroteios frenéticos eram o forte de Tomb Raider II

Qualquer jogo da franquia Tomb Raider para PlayStation 1 poderia estar nesta lista. O segundo título da série foi escolhido porque representou uma grande evolução em relação ao anterior. Adicionou novas armas, além de permitir encontrar diversos locais secretos, alguns dos quais nunca foram encontrados. Caso do vale dos dinossauros.

Não bastasse isso, a arqueóloga Lara Croft está mais aventureira do que nunca, nos levando à Muralha da China, aos canais de Veneza e a outros lugares mágicos do planeta, como o Tibete. Em termos gráficos, Lara também parece menos quadrada, e a movimentação da personagem está muito mais fluída.

11. Castlevania: Symphony of The Night

Symphony of The Night PS1
Symphony of The Night era um jogo super filosófico

Esse é um jogo que tem marcado gerações desde 1997, ano de seu lançamento. Na época foi um marco para a franquia, já que deixou de ser jogado por fases. É um jogo com fortes elementos de RPG, que progride cenário por cenário, cumprindo tarefas, enfrentando inimigos e coletando itens e poderes importantes.

Sua abertura é genial e inesquecível, com diálogos muito bem montados. Após a abertura, controlando Alucard, filho de Drácula, o jogador precisa explorar um castelo enorme, em busca de evoluir a personagem ao máximo. É um game cheio de desafios e de obstáculos, sendo considerado um dos títulos mais difíceis do PlayStation 1.

10. Silent Hill

Silent Hill PS1
Um dos grandes títulos de horror de todos os tempos

O primeiro Silent Hill chegou ao PS1 em 1999 e foi considerado durante muito tempo o melhor jogo de terror desse console. A névoa característica da franquia foi criada como disfarce às limitações gráficas do PlayStation, mas acabou sendo uma das coisas mais assustadoras do jogo.

A narrativa muito bem construída, o protagonista humano e sem habilidades especiais e os sustos constantes fizeram desse jogo um dos grandes títulos do console. Certamente foi uma experiência bastante marcante para todos aqueles que puderam ver o nascimento dessa franquia.

9. Metal Gear Solid

Metal Gear Solid PS1
A furtividade era sua melhor aliada em Metal Gear Solid

Foi em Metal Gear Solid que o agente Solid Snake foi apresentado ao mundo. Mesmo quem nunca jogou um título da franquia certamente conhece ou já ouviu falar dessa personagem. Criado por Hideo Kojima e lançado em 1998, esse jogo foi um dos expoentes iniciais do gênero ação furtiva. A trama é excelente, com cutscenes incríveis para a tecnologia disponível na época.

Não podemos deixar de falar também de Psycho Mantis, o vilão máximo do primeiro Metal Gear. Ele ficou na memória dos jogadores por conversar direto com quem estava atrás do controle. Os títulos atuais da franquia são maravilhosos em tudo, porém devemos respeito eterno ao jogo que iniciou tudo.

8. The Resident Evil 2

The Resident Evil PS1
The Resident Evil apresentou Leon ao mundo

Quase 100% dos fãs da franquia consideram The Resident Evil 2 o melhor de todos os títulos. Isso pode se confirmar pelo remake do game lançado recentemente para a atual geração. Esse jogo foi mesmo revolucionário, permitindo que os jogadores controlassem duas personagens diferentes: Claire e o lendário Leon.

A presença de dois pontos de vista diferentes, somada à maior liberdade de exploração em Raccoon City tornaram esse título uma verdadeira obra-prima na época. Os zumbis estavam ainda mais insanos do que no game anterior, oferecendo um nível de desafio absurdo aos jogadores.

7. Final Fantasy IX

Final Fantasy IX PS1
Vivi era um dos personagens mais fofos de FFIX

Claro que poderíamos colocar aqui FFVII e FFVIII. Ambos são dos melhores RPGs já criados, sendo dois dos mais simbólicos títulos da franquia Final Fantasy. Contudo é FFIX quem chega mais perto da perfeição. É um jogo com gráficos de brilhar os olhos, com uma das melhores trilhas sonoras de Nobuo Uematsu e com a história mais divertida e complexa da série.

Final Fantasy IX é um RPG, um jogo de ação e, ao mesmo tempo, um game filosófico. Todas as personagens são bem desenvolvidas, tendo seus arcos combinados para formar um enredo sem falhas. Não bastasse isso, FFIX têm os summons mais legais de toda a franquia.

6. Twisted Metal 3

3Twisted Metal
Twisted Metal 3 era ótimo para colocar a raiva para fora

Quem acha que Rocket League é um combate de carros, ainda que esportivo, é porque nunca jogou Twisted Metal 3. Esse jogo era simplesmente um dos mais insanos do PlayStation 1. O objetivo máximo é destruir todos os demais carros. Para isso, você deve jogar o seu veículo contra os outros, além de usar armas no melhor estilo Batmóvel.

São 12 carros diferentes e bizarros para escolher. O mais icônico certamente é Sweet Tooth, um carro que vende sorvete e que tem a cabeça de um palhaço em chamas no topo. Não é à toa que esse veículo apareceu de forma especial no já mencionado Rocket League. E claro: não podemos deixar de mencionar que a trilha sonora de Twisted Metal 3 era simplesmente perfeita.

5. The Resident Evil 3: Nemesis

The Resident Evil 3 PS1
Nemesis é o maior vilão da franquia no PS1

Melhor do que The Resident Evil 2, só o 3. Quando os fãs da série achavam que a Capcom não podia mais surpreender, ela apresentou o retorno de Jill Valentine à série, além de um novo vilão: Nemesis, o maior pesadelo de muitos jogadores do final dos anos 90, que aparecia do nada e sem aviso com um lança-foguetes.

Por toda sua evolução na jogabilidade e por permitir boa exploração de Raccoon City, esse jogo foi um dos mais celebrados do PS1. Muitos jogadores daquela geração aguardam um remake ou mesmo uma remasterização caprichada de Nemesis para os consoles atuais.

4. Final Fantasy VII

Final Fantasy VII PS1
Cloud é uma das melhores personagens da franquia Final Fantasy

Claro que não poderíamos nos esquecer do lendário embate entre Cloud e Sephiroth. Sem essas personagens e sem toda a evolução de jogabilidade proposta por FFVII, os dois títulos seguintes da franquia não seriam o sucesso que foram. Esse game trouxe mais vida às batalhas, além de cutscenes quase cinematograficas.

Foi um jogo conhecido também por sua narrativa e por apresentar personagens que se tornaram ícones da cultura geek e pop. Com tantos motivos, é justo que tenham anunciado o aguardo remake de Final Fantasy VII.

3. Tony Hawk's Pro Skater 2

Tony Hawk's Pro Skater 2 PS1
Certamente o jogo de skate mais icônico de todos

Outro jogo conhecido por sua trilha sonora de fundo excelente, Tony Hawk's Pro Skater 2 trouxe um gameplay desafiador, com dezenas de recompensas e uma série de skatistas de renome. Não é errado dizermos que esse game ajudou a popularizar o skate no Brasil no final da década 90 e início dos anos 2000.

O título estimulava os jogadores a fazerem os combos mais complexos, para bater recordes de pontos. Manter o equilíbrio, no entanto, não era para qualquer um. Talvez por isso tenham liberado um skatista secreto, que nunca caía, o inesquecível Homem-Aranha. Só isso já fazia o jogo valer a pena.

2. Gran Turismo 2

Gran Turismo 2 PS1
Mais de 650 carros para acelerar em pistas do mundo todo em GT2

Não podíamos esquecer do melhor jogo de corrida do PlayStation 1. Gran Turismo pode ser hoje uma franquia um pouco mal aproveitada pela Sony, mas em 1999 estava no auge. Afinal, eram 650 carros disponíveis, um número impressionante. A título de comparação, o primeiro GT e o terceiro tinham menos de 200.

Além dos carros, pistas inesquecíveis desafiavam todos os tipos de corredores. Deep Forest, Laguna Seca e Seattle Circuit eram algumas das que mais davam dor de cabeça aos jogadores. Para completar, o sistema de progressão de carreira, com a necessidade de tirar sua carteira de motorista, era um charme muito bacana que Gran Turismo 2 oferecia.

1. Tekken 3

Tekken 3 PS1
Quem não se lembra do capoeirista brasileiro Eddy Gordo?

Por fim, Tekken 3. Todos os jogos da franquia após esse título devem a ele tudo que são. Em termos de física, de jogabilidade e de mecânica, Tekken 3 foi o melhor jogo de luta de 1997. Vimos o retorno de personagens clássicos, como Yoshimitsu e Heihachi Mishima, além da chegada de inesquecíveis novos lutadores, como Eddy Gordo, Panda e Jin Kazama.

Quem jogou os títulos anteriores certamente sentiu que esse Tekken trouxe muitas novidades. Em termos de modo de jogo, por exemplo, havia o Tekken Ball, em que os jogadores deveriam atacar uma bola de vôlei, sem deixá-la cair. No quesito diversão, era um dos jogos mais legais.

Veja também os grandes jogos do PlayStation 2!

Conheça os melhores títulos do PS4!

Maurício Amaro
Maurício Amaro
Acadêmico e pesquisador na área de Game Studies, iniciou suas aventuras pelo mundo dos jogos ainda na infância, nos Arcades de Mortal Kombat. É fã incondicional dos games single player, mas não nega uma partidinha de FIFA no modo Online quando tem um tempo livre.